Empreenda Fácil

O Empreenda Fácil é o sistema digital de abertura/alteração/encerramento de empresas. Foi desenvolvido pela Prodam em parceria com as secretarias da Fazenda (SF) e de Inovação e Tecnologia (SMIT) da cidade de São Paulo.

Reduziu o tempo de abertura de empresas de 100 para 2 dias. O processo é 100% digital, anteriormente eram necessários ir a até 16 órgãos diferentes.

O programa moderniza o processo de licenciamento de empresas, tornando a cidade de São Paulo mais competitiva para o ambiente de negócio. Desde seu lançamento em maio de 2017, mais de 368 mil empresas foram abertas na cidade de São Paulo. 

Mais digital

Agora os procedimentos de abertura, alteração, regularização, baixa e licenciamento são realizados em único sistema. Com processos 100% eletrônicos e autodeclaratórios, o programa acaba com a necessidade de deslocamentos presenciais dos empreendedores.

Mais rápido

O prazo de abertura de empresas já caiu de 100 dias para 2 dias. Na nova fase, os procedimentos estão mais eficientes, deixando os serviços mais ágeis ainda.

Mais fácil

A inovação vem para simplificar a vida do empreendedor paulistano. Mesmo no contexto adverso que vivemos, a nova fase vem para trazer mais comodidade e desburocratização.

Regularização de licenciamento

Você consegue realizar todo o processo de atualização do CCM, ajustes de CNAE no CNPJ e registro de alterações contratuais na JUCESP em uma mesma plataforma.

De 100 para 2 dias tempo de abertura de empresas

De até 16 órgãos presencial para balcão único digital

+ 368 mil empresas impactadas

Funcionalidades

  • Abertura de novas empresas
  • Análise de viabilidade
  • Inscrição municipal
  • Realizar alterações cadastrais da empresa já existente
  • Regularização de licenciamento de empresa já existente
  • Licenciamento integrado
  • Consultas para conferência do status do Auto de Licença de Funcionamento, de Viabilidade e de Risco da empresa
  • Consultas do status da Licença Municipal da empresa

Beneficios

  • Procedimentos municipais, estaduais e federais para a empresa integrados
  • Melhoria do ambiente de novos negócios na cidade
  • Redução de burocracia no atendimento
  • Sistematização da legislação
  • Processos automatizados e simplificados
  • Integração de sistemas municipais como IPTU, Tombamento, Áreas Contaminadas, Sistema de Zoneamento, SEI, BDT, mananciais e bacias hidrográficas
  • Regularização fiscal das empresas junto ao município
Skip to content